Consultor de carreira Max Gehringer confirma que sapateiros que falam “cardaço” ganham até 20% menos.

Conhecido por programas e palestras na área de Recursos Humanos, Max Gehringer citou em entrevista que, segundo pesquisa no segmento de Calçados, os profissionais que falam “Cardaço” tem menos chances de reconhecimento financeiro. O consultor também esclarece que “rezistro”, “preda”, “iorgute” e “menas” são igualmente prejudiciais, mas podem ser utilizados se o profissional já tiver um rancho em rifaina e uma camionete.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: