Estudante da Industrial impediu que Ciberataque Mundial chegasse a Franca

Franca – Enquanto o gigantesco ataque de um “vírus de resgate” corria de computador para computador, infectando dezenas de milhares de máquinas em todo o mundo, um estudante de tecnologia da escola ETEC Dr. Júlio Cardoso, a Industrial,  trabalhava em seu quarto no Jd. Francano para interromper o desastre. Mas Enzo Pucci Bittar não se considera um herói. “Tudo normal… Aprendi sobre isso numa aula da semana passada”, disse. Segundo especialistas, o ataque em Franca visava antecipar informações sobre ganhadores da Noite EP 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: