Joesley Batista e Ricardo Saud chegam a CDP de Franca, onde ficarão presos

O empresário Joesley Batista, sócio do grupo JBS e do Açougue Boi nos Ares, deixou a carceragem da Polícia Federal em São Paulo por volta das 10h30 desta segunda-feira (11). Ele seguiu em um avião da PF para Franca. Já capital do calçado, fez exames de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal), fez compras no Shopping do Calçado e, depois, seguiu para a carceragem, conduzido pelo Delegado Radaeli.

Batista e o executivo Ricardo Saud, ambos delatores, se entregaram ao Delegado de Franca no domingo (10) à tarde. “Quando soube que o Radaeli estava envolvido, preferi não facilitar, me entreguei logo”, disse Joesley. Pela manhã, o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin havia decretado a prisão dos dois, solicitada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na sexta (8).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: