Pastor Otávio ainda acredita viver em 1938, dizem médicos

FRANCA – Ao iniciar sua fala na manhã desta terça-feira, o vereador Pastor Otávio percebeu que o microfone estava falhando e fez um comentário de gosto duvidoso, que provocou olhares de reprovação, tanto de mulheres, quanto de vereadores que estavam no plenário. “O microfone parece mulher de bandido: é só dar um tapa que resolve o problema”. Na sequência, abordou temas diversos sem que o comentário tenha sido contestado.

Recém saído de um coma que durou 79 anos, o pastor ainda exibe alguns comportamentos da época em que lutou na Revolução de 1938, quando trabalhadores de curtumes lutaram pela independência de Claraval. A junta de médicos que acompanhou o vereador neste período informou em coletiva no início da tarde que o comportamento machista é transitório e será extinto aos poucos, quando a ignorãncia da evolução das coisas e respeito humano forem percebidos na nova vida.

Resultado de imagem para violencia contra mulher

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: