Calouro da Unesp Franca se revolta com fonte vazia e ameaça conseguir emprego na Sabesp

FRANCA – No dia do banho anual dos estudantes da Unesp, a decepção ficou estampada no rosto do calouros e veteranos. O que era para ser o maior banho público coletivo da cidade, foi desarticulado pela prefeitura, que decidiu secar a fonte. Segundo a Secretaria de Fontes da Praça Matriz, a água foi drenada para a prefeitura e deverá ser usada ao longo do ano para fazer café e regar as samambaias do prefeito Gilson de Souza (DEM).

Entre os estudantes, o mais enérgico e indignado com a situação foi o calouro do curso de História, Enzo Guevara Duvivier Maniglia, que ameaçou largar o curso e enviar currículo para a Sabesp, onde pretende seguir carreira até ter autonomia suficiente para gerenciar a manutenção água da fonte e aí garantir a festa Unespiana. “Sabesp Golpista! Em 20 anos eu me vingarei!!! hahahaha” disse, em tom maligno. Em atitude desesperada, os estudantes tentaram alugar um caminhão pipa, que recusou o serviço por não aceitar se pago com vibrações positivas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: